terça-feira, 15 de setembro de 2009

BR 381 - Apoio ao movimento SOS Rodovias Federais


Tem blog novo na seção “Leio Sempre”. Nada relacionado a esportes, assunto principal deste espaço desde que foi criado, em agosto de 2008. Trata-se de um apoio ao Movimento SOS Rodovias Federais, que luta pela duplicação da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, conhecida como rodovia da morte.

Quem já sofreu um acidente naquele trecho, ou perdeu amigos, conhecidos, familiares na BR mais vergonhosa do Brasil entende a importância da duplicação dessa estrada.

Moradores das cidades de Belo Horizonte, Sabará, Santa Luzia, Caeté, Nova União, Bom Jesus do Amparo, Barão de Cocais, Santa Bárbara, São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade, Nova Era, Bela Vista de Minas, Alvinópolis, Rio Piracicaba, Dom Silvério, Ipatinga, Timóteo, Coronel Fabriciano, Acesita, Governador Valadares, povoados e distritos que margeiam a rodovia não podem ficar de braços cruzados e precisam abraçar a causa dos que lutam por uma BR com as mínimas condições de segurança.

Abaixo, texto que escrevi para o jornal Voz do Caraça, da região de Santa Barbara e Catas Altas, em maio deste ano:

Sangue no asfalto

Rivelle Nunes

Pacientes leitores, certamente você conhece alguém que se acidentou na BR-381 ou, na “melhor” das hipóteses, perdeu horas do seu precioso tempo parado na estrada enquanto alguém era atendido no asfalto. Difícil uma pessoa em nossa região que não tenha um parente, amigo ou conhecido que, nas centenas de curvas que serpenteiam as serras, não tenha passado por momentos de angustia, susto e dor. Não é de agora que antiga 262 mata. A combinação é perigosa, curvas mal planejadas, grande volume de carros, caminhões e ônibus, velocidade acima do permitido, imprudência e, no meu entender, o principal dos motivos, a falta de conhecimento do trecho. Não tive acesso às estatísticas, mas os acidentes mais graves, ou pelo menos os que mais chamam atenção, ocorridos na “Rodovia da Morte”, acontecem com veículos que não estão acostumados a trafegar por ali. Basta verificar as placas dos envolvidos. Foi assim na tragédia ocorrida próximo ao Posto 30 que tirou a vida de cinco universitários e um motorista, no início de março. O caminhão responsável pela colisão tinha placa de Jundiaí, São Paulo.

Enquanto os dois órgãos federais responsáveis pelas estradas e transportes - DNIT e ANTT - não se entendem, pessoas continuam enterrando seus parentes. O primeiro garante que haverá ainda este ano uma licitação para a duplicação da rodovia, o outro trabalha com a possibilidade de concessão para a iniciativa privada do trecho, ou seja, cobrança de pedágio, típica ação que comprova a incompetência e falta de vontade dos governantes. Não são capazes de melhorar uma estrada, passam a bola para quem tem gabarito – ou lobby - para isso. Assim é com a saúde e tantas outras responsabilidades dos homens que comandam este país. Cogitam cobrar pedágio em uma rodovia que já matou milhares de pessoas. O Brasil, realmente, não é um país sério. Se Charles De Gaulle disse esta frase, ninguém confirma. Mas se disse, estava coberto de razão.

Enquanto o governo não duplica rodovia tão importante para o país, as últimas informações são que obras apenas em 2015 e continuaremos presenciando manchetes como a que definem a BR381 como macabra, “rodovia da morte”, asfalto sangrento e Minas Gerais continuará a cada feriado recebendo o troféu do estado que mais mata nas estradas. O negócio é, quando entrar em um veículo com destino a Belo Horizonte ou João Monlevade, segurar na mão de Deus, rezar um Pai
-Nosso e se benzer.

3 comentários:

António Pista disse...

Mais uma grande exibição do Benfica, mais uma vez com a ajuda dos Brasileiros, Luisão e Ramires do Escrete, e David Luiz e Keirrison que na minha opinião num futuro muito próximo também serão seleccionáveis por Dunga.

Depois dos 8-1 ao Vitória de Setúbal, desta vez 4-0 em Belém! Com mais um golo de Ramires, este Benfica terá tudo para voltar a conquistar Portugal e a Europa!

Isto e muito mais, aqui:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Leonardo Resende disse...

Essa campanha merece apoio.

As rodovias nacionais que não são privatizadas (e tem pedágio!) estão um caos.

É uma vergonha pagarmos tantos impostos nesse país e não termos rodovias decentes como em milhares de países por aí.

Apoiada a campanha!

Visite também o Rio Futebol, se puder!

Grande abraço,

Leonardo Resende
Rio Futebol
http://riofutebol.blogspot.com
adm.riofutebol@gmail.com

Lucio Mario disse...

Obrigado pelo apoio a campanha em prol da BR-381. Caso deseje participar de nossa "mailing list" gentileza encaminhar mensagem para contato@br381.org .

Lucio Mario
(31) 9191-5691
contato@br381.org